Dilma cassada, Lula condenado e Temer denunciado por corrupção

Ninguém pode dizer que no Brasil não há uma democracia plena. Tão democrático que não dá para saber quem é o governo ou por quanto tempo ele irá governar. Fico pensando que passei a minha infância toda com um nome de presidente da república e um nome de papa. Já perdi a conta de papas, e está difícil ficar atualizado sobre a resposta a uma pergunta simples: qual o nome do presidente de seu país.

Dilma teve seu segundo mandato interrompido e assumiu um vice que está na mira da justiça e que já tem pedidos de impeachment contra ele protocolados.

O ex-presidente Lula, simbolo máximo do PT não perdeu seus mandados – além de permanecer no poder por dois mandatos consecutivos, também elegeu Dilma e Temer para dar continuidade. Agora, condenado a 9 anos e seis meses de prisão, o ex-presidente tentará a sorte na segunda instância. Resta saber, se condenado na segunda instância será preso comum ou ilustre hóspede.  Sem curso superior deveria ir para uma cela comum. Mas foi presidente deste país e há uma grande parcela da população que o tem em alta estima, queiram alguns ou não.

E por outro lado a justiça das exceções parece ser o novo perfil do judiciário. Afinal dizer que neste país democrático todos são iguais perante a justiça e recebem dela o mesmo tratamento, é no mínimo uma piada.

E é assim que a indignada população brasileira reage a tudo isso: piadas.  Não precisa muito, basta ter uma conta em redes sociais ou algum aplicativo de comunicação pelo celular, que você receberá uma enxurrada de piadas sobre a condenação de Lula, como se elas estivessem pronta a muito tempo, só esperando a confirmação da sentença.

E algumas piadas são mesmo geniais, como aquela em que Lula liga a cobrar para Temer e diz: Pare com a reforma da presidência, pare com a reforma trabalhista e comece a reforma dos presídios.

 

Por em 13 jul 2017. Arquivado em Brasil, Geral. Você pode acompanhar quaisquer comentário a esta notícia através do RSS 2.0. Comentários e pings estão fechados no momento.

Comentários fechados.

Design by Design in Site
Todos os direitos reservados. Gazeta 24 horas.